• Publicado em

    Cadela é atacada até a morte por três cães de caça, em Jataí

    Os cachorros já haviam matado outros animais na região.

    Compartilhe!

    De acordo matéria do Mais Goiás, uma cachorra sem raça definida foi atacada brutalmente por três cachorros de caça em um condomínio de chácaras no município de Jataí. O ataque aconteceu na tarde dessa sexta-feira (06), quando a matilha fugiu da chácara vizinha e avançou na cachorra até a morte.

    O tutor da cadela, Luziano Carvalho afirmou que a “Nina” era super dócil com outros animais e era mantida no quintal da casa, mesmo local onde foi atacada. Segundo Carvalho, os cachorros são conhecidos na região por serem bravos e agressivos com outros animais.

    Afirmou ainda que “outras situações envolvendo os mesmos cachorros já aconteceram, inclusive em março eles mataram alguns gansos e galinhas aqui na região”, afirma o tutor.

    A Polícia Civil de Jataí está investigando o caso e o delegado responsável, Marlon Souza, afirmou que será analisado a forma que os cachorros são criados, e caso se comprove crime de maus-tratos, o dono pode ser preso em flagrante.

    “Nossa equipe vai até o local, juntamente com o Centro de Zoonose para entender o que aconteceu e investigar a forma que os cães são tratados, desde a alimentação até as condições que são mantidos”, afirmou o delegado.

    Ressaltou ainda que “se não for comprovado crime de maus-tratos, vamos conscientizar o tutor dos cachorros e formalizar com um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO)”, relatou Souza.

    A reportagem entrou em contato com o possível dono dos cães e ele informou que não está sabendo do ataque e que ainda não se sabe se são os seus cachorros.

    Câmeras de segurança filmaram o ataque assista clicando aqui:

    Repórter Mari JTI

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.