• Publicado em

    Caminhoneiros não acreditam em áudio de Bolsonaro, e Tarcísio grava vídeo para confirmar

    Grupos que promovem protestos em estradas duvidam que mensagem seja do presidente, e ministro reforça apelo para que eles suspendam a paralisação.

    De acordo informações divulgadas no site Antagonista, parece piada, mas os grupos de caminhoneiros bolsonaristas que estão fazendo protestos em pelo menos 14 estradas brasileiras NÃO acreditaram no áudio do próprio Jair Bolsonaro pedindo que eles suspendessem a paralisação.

    Na noite desta quarta-feira (8), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, viu-se obrigado a divulgar pelo WhatsApp um vídeo para confirmar que o áudio é do presidente e que foi gravado hoje.

    “8 de setembro, já passa das 10h38 da noite, e nos grupos de caminhoneiros muita gente está questionando se um áudio que vazou do presidente da República é real e se esse áudio é atual. (…) Esse áudio é real, é de hoje e mostra a preocupação do presidente com a paralisação”, diz Tarcísio no vídeo.

    Em seguida, o ministro reforça o apelo de Bolsonaro para que os caminhoneiros bolsonaristas suspendam o protesto. “Essa paralisação ia agravar efeitos na economia, de inflação que ia impactar os mais pobres, os mais vulneráveis”.

    Vídeo abaixo para assistir à fala de Tarcísio:

    Em áudio, Bolsonaro pede para caminhoneiros liberarem bloqueios

    Repórter Mari JTI

     

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.