• Publicado em

    Canal “Crítica Musical” fala sobre os 34 anos de “Faith” do cantor “George Michael”

    ASSISTA E SE INSCREVA NO CANAL:

    O ano de 1987 foi marcado pelo lançamento de grandes álbuns, como exemplo, do Aerosmith, Def Leppard, U2, Guns N’ Roses e demais artistas. No entanto, foi também marcante pelo surgimento de ótimos artistas solo, como exemplo, o cantor e compositor britânico George Michael.

    Com uma carreira bem trabalhada, o artista que começou no grupo Wham! com o seu amigo Andrew Ridgeley (1982 | 1986), viu os holofotes virarem de vez para ele com lançamento de seu primeiro trabalho solo “Faith (1987)”.

    Prova do sucesso, foi que o disco foi um dos álbuns mais vendidos na época vendendo 50 milhões de copias e chegando parear com artistas de renome, como, exemplo, o cantor Michael Jackson, com “Bad (1987)”. Mas claro que o artista se destacou também pela sua aparência já que ele era quase um James Dean dos anos de 1980, com topete, óculos Ray Ban e roupas de couro e jeans bem combinadas. Mas as faixas merecem destaque nesse sucesso:

    1- Faith

    2 – Father Figure

    3- I Want Your Sex (Parts I & II)

    4- One More Try

    5- Hard Day

    6 – Hand to Mouth

    7 – Look at Your Hands

    8 – Monkey

    9 – Kissing a Fool

    10 – Hard Day (Shep Pettibone remix)

    11 – A Last Request (I Want Your Sex Part III)

    ■ No DICA DE QUALIDADE: Eduardo Filizzola, Town Mania e Chico Science e Nação Zumbi.

    ■ Vídeo entrevista com o produtor musical “Liminha” – Crédito: Canal – KAZAGASTÃO .

    Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista e fique por dentro das novidades.

    ■ Ficha Técnica:

    – Crítica Musical (Roteiro e Vídeo):
    – Apresentação e Edição:
    – Felipe de Jesus

    ■ Imagens: George Michael, Wham! e Nação Zumbi.

    – ®Todos os Direitos Reservados
    – Felipe de Jesus | Crítica Musical.

    - Jornalista & Editor de Belo Horizonte/MG do portal "Plantão JTI - Jornalismo Transparente e Interativo" desde o ano de 2017. Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista. _________________________________________________________________________________ Agência de Divulgação de Notícias - Pub & MKT: Diretor [ Grupo Conteúdo (GC) ] _________________________________________________________________________________ Advocacia: Ass. Adv. - [ FJB Advocacia - Assistência Jurídica & Empresarial ] - Membro da "Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE/OAB)". _________________________________________________________________________________ Graduado em: Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Relações Públicas (Universidade UIB/EUA), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP), Economia (Universidade USIP), Direito - Adv. (FACSAL/MG) e Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Univ. UEMC/Espanha). _________________________________________________________________________________ Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). _________________________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.