• Publicado em

    Condutor de ônibus clandestino abandona passageiros em restaurante em Goiás e o veículo é apreendido pela PRF

    O ônibus que fazia transporte irregular, saiu de Barretos/SP e que deveria conduzir 37 pessoas para cidades do interior maranhense.

    Compartilhe!

    Segundo o assessor de comunicação da Polícia Rodoviária Federal Inspetor Newton,  um coletivo que transportava 37 passageiros foi apreendido pela PRF na noite desta quarta-feira(15) na BR 153, município de Porangatu,  após abandonar os ocupantes do veículo e fugir com o coletivo.

    O ônibus que fazia transporte irregular, saiu de Barretos/SP e que deveria conduzir 37 pessoas para cidades do interior maranhense, foi abordado por agentes da PRF em fiscalização de rotina quando os agentes detectaram que o transporte era clandestino.

    Concorra ao sorteio do valor de R$ 500 reais compartilhe; clique aqui e veja as regras na fanpage do Plantão JTI.

    Dentre as irregularidades detectadas,  foram encontradas: condutor inabilitado para dirigir transporte de passageiros, veículo sem autorização de viagem, banheiro sem higiene e bagagens transportada no compartimento de passageiros.

    Diante de tantas irregularidades, o motorista foi orientado a deixar os passageiros em um restaurante local e, posteriormente, ele deveria trazer o veículo para o pátio da Unidade Operacional da PRF local.

    Ao saber que o ônibus ficaria apreendido, o motorista desembarcou os passageiros e fugiu, diante dos fatos,  a PRF comunicou a ocorrência para bases da Polícia Militar na região e posteriormente o veículo foi abordado próximo a São Miguel do Araguaia.

    Com apoio de uma empresa de transportes,  os passageiros foram encaminhados para o terminal rodoviário local onde estão sendo transportados por ônibus de empresas regulares para cidades do interior do Maranhão.

    Em desfavor do condutor do veículo foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência por exercício ilegal da profissão e desobediência.

    Repórter Mari JTI


    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.