• Publicado em

    Criminoso se finge de gato e mia para não ser preso por policiais civis

    Ele estava escondido embaixo da cama e ao ouvir os policiais perguntarem quem dormia ali, ele miou para despistar e não ser preso.

    Compartilhe!

    Um homem, que não teve a identidade revelada, foi preso na última quarta-feira (4), e usou a cara de pau para se fingir de gato. Ele até miou para não ser preso pelos policiais.

    Tudo aconteceu quando, após um crime de latrocínio (roubo seguido de morte), um homem, que também não teve a identidade revelada, foi ao 19º DP identificando-se como uma das vítimas. Porém, os polícias identificaram através de câmeras de segurança que ele havia participado do crime, e o prenderam.

    Em depoimento, o suspeito acusou um adolescente de também ter participado do crime. Ao chegar na residência dele, os policiais o encontraram debaixo da cama.

    Leia também: Número de vagas para estagiários e aprendizes em 2019 teve aumento

    De acordo com o inspetor Rodrigo Miaggy, na casa estavam a mãe e uma tia do adolescente. Elas disseram que ele não morava mais ali, e ao serem perguntadas sobre quem dormia em uma das camas, as duas afirmaram que era um gato.

    Em seguida, um policial civil disse ter ouvido um miado vindo debaixo da cama, ao levantar o móvel, o suspeito estava lá. Ele estava fingindo ser um gato para não ser preso.

    O caso foi encaminhado ao 19º DP e a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

    O crime de Latrocínio foi flagrado por câmeras de segurança, que mostraram o momento em que dois homens armados abordam um veículo.

    O caso curioso aconteceu no bairro Conjunto Esperança, em Fortaleza. Via/Dol

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.