• Publicado em

    Dono de lava a jato é preso suspeito de usar carros dos clientes, em Jataí

    Homem dizia aos clientes que não tinha dado tempo de limpar os veículos e entregaria no dia seguinte. Flagrado em um bar, o suspeito alegou à polícia que tinha autorização do dono, mas foi desmentido.

    Compartilhe!

    De acordo matéria do G1 GO, o dono de um lava a jato, de 24 anos, foi preso suspeito de pegar carros de clientes para uso pessoal, em Jataí, no sudoeste de Goiás. A Polícia Civil recebeu uma denúncia de que o homem estava em um bar com a namorada usando a caminhonete de um cliente, na última sexta-feira (29).

    O nome do suspeito não foi divulgado pela polícia. Por isso, o g1 não localizou a defesa para se manifestar sobre o caso. De acordo com o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), o homem foi liberado após pagar fiança.

    O jovem deve responder pelo crime de apropriação indébita ao final da investigação. A caminhonete que ele usava quando foi preso, uma Mitsubishi modelo Triton ano 2022, foi levada para a delegacia para ser devolvida ao dono.

    Abordagem

    Os agentes foram ao bar e encontraram o dono do lava a jato no local. Para a polícia, o homem disse que usava a caminhonete com autorização, mas os policiais ligaram para o dono do veículo, que desmentiu.

    O proprietário disse que deixou a caminhonete para ser lavada e que no fim do dia ligaram para ele dizendo que não deu tempo de finalizar a limpeza, por isso, ela seria entregue no dia seguinte.

    Segundo a ocorrência, o suspeito usou carros de outros clientes e que, inclusive, ele postava fotos na redes sociais com os veículos.

    Repórter Mari JTI

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.