• Publicado em

    Enem 2022 teve 1,9 milhão de solicitações de isenção da taxa de inscrição

    Candidato que tiver o pedido indeferido poderá entrar com recurso entre 25 e 29 de abril

    Compartilhe!

    O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 recebeu 1.949.448 solicitações de isenção da taxa de inscrição. Destes, 94.721 justificaram a ausência na edição passada do exame, segundo registros do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelas provas. Os resultados dos pedidos de isenção estão previstos para serem divulgados na próxima sexta-feira (22).

    O Inep alerta que o candidato que tiver o pedido indeferido para a isenção poderá entrar com recurso no período de 25 a 29 de abril. Os resultados dos recursos estão previstos para serem divulgados no dia 6 de maio.

    A aprovação da solicitação de isenção da taxa não garante a inscrição no exame. Assim, os interessados em fazer o Enem 2022, isentos ou não, deverão fazer a inscrição na Página do Participante.

    Puderam solicitar a isenção os estudantes de escola pública que estão na última série do ensino médio em 2022. É possível ter direito ao benefício quem cursou todo o ensino médio em escola pública ou na condição de bolsista integral em escolas privadas cuja renda per capita seja igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

    Além desses, é garantida a isenção aos participantes declarados em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por serem membro de família de baixa renda, e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Os solicitantes deverão informar o número de Identificação Social (NIS) único e válido. No site do Inep é possível conferir um passo a passo de como solicitar a isenção.

    *Com informações do Inep
    Fonte: Agência Educa Mais Brasil
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.