• Publicado em

    Fotos sombrias retratam a dor e a beleza da condição humana

    Autodidata, o fotógrafo Alex Stoddard, 21 anos, criou um ensaio para expor "o drama e a fragilidade da experiência humana"

    O jovem fotógrafo de Los Angeles, nos Estados Unidos, Alex Stoddard, 21 anos, tem feito um trabalho digno de nota. Autodidata, o artista nasceu em Jacksonville, na Flórida, e começou fazendo autorretratos na floresta atrás de sua casa, aos 16 anos. Desde então, ele transformou sua paixão em uma carreira profissional, com imagens exibidas em publicações e exposições.

    Segundo Stoddard, seu objetivo é capturar “o drama e a fragilidade da experiência humana” através de imagens. Em uma de suas entrevistas, o artista falou sobre a importância de se empurrar para além da zona de conforto.

    “Um dia eu me dependurava em um penhasco, em outro eu me jogava em um tanque de peixes no auge do inverno. Eu realmente não me importava se eu estava desconfortável, pois eu estava focado em fazer uma imagem única. Você nunca vai crescer se você está fazendo a mesma coisa todos os dias. Você realmente precisa ter medo do que está fazendo para que possa aprender alguma coisa com isso”, disse.

    Confira alguns exemplos do trabalho de Stoddard abaixo e mais em seu site ou siga-o no Facebook, Flickr e Twitter.

    fotos-ensaio-condição-humana (2)fotos-ensaio-condição-humana (3)fotos-ensaio-condição-humana (4)fotos-ensaio-condição-humana (5)fotos-ensaio-condição-humana (6)

    Adaptações Plantão JTI
    Fonte Pop
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.