• Publicado em

    Homem amarra filha em cadeira e incendeia casa após se divorciar

    Testemunhas informaram que o autor do crime estava inconformado com a separação, mas demonstrava ser um bom pai

    De acordo o site Metrópoles, um homem incendiou a própria casa com a filha dentro após se inconformar com o divórcio. Augusto César Costa Pinto, de 39 anos, amarrou Sofia Emanuele Mendes Costa, de 5 anos, em uma cadeira na terça-feira (28/2) e colocou fogo na residência, localizada em Sete Lagoas, Mato Grosso.

    Segundo a Polícia Civil, Augusto havia buscado a menina na escola, dando início ao incêndio por volta de 16h. Além de Sofia, o homem teve um filho de 15 anos com a ex-mulher. O autor do crime, que também permaneceu dentro da casa, chegou a ser encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Sofia também morreu.

    Testemunhas informaram que Augusto não aceitava o fim da relação com a ex-esposa, mesmo separado há um ano — a oficialização do divórcio só ocorreu há dois meses. Em depoimento, segundo o jornal Extra, a mãe de Sofia afirmou já ter sido agredida pelo então marido antes pouco de decidir se separar.

    Ainda segundo a mulher, Augusto era um pai amoroso. Testemunhas confirmaram a declaração. Ele também era usuário de cocaína, mas não há registros de envolvimento com crime, como tráfico de drogas.

     

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.