• Publicado em

    Inep seleciona docentes para ajudar na elaboração do Enem 2022

    As inscrições devem ser feitas até 24 de abril.

    Compartilhe!

    O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vai selecionar 10 docentes vinculados a instituições de educação superior de todo o Brasil para compor o cadastro de servidores de apoio para atividades de elaboração do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022.

    Os selecionados prestarão apoio para atividades de elaboração do exame, sendo que as áreas de linguagens e matemática terão três vagas, cada, e as áreas de ciências da natureza e ciências humanas, duas vagas, cada. Os profissionais selecionados substituirão os servidores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) que se declararam impedidos de atuar na edição de 2022 do exame.

    As inscrições devem ser feitas até 24 de abril exclusivamente por meio do formulário de inscrição. No momento da candidatura, o docente deverá anexar no formulário o diploma de graduação, além de assinar, via sistema, o “Termo de Conhecimento, Compromisso e Sigilo”, exposto no anexo II do edital; o “Termo de Responsabilidade”, presente no anexo III; e a “Declaração de Exercício de Atividade Docente”, conforme anexo I.

    A remuneração a ser paga pelas atividades realizadas pelos selecionados será de R$ 400 por dia efetivamente trabalhado, comprovado por lista de presença assinada pelo colaborador.

    Requisitos para participação

    – Para participar da seleção, o profissional precisa ter diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior, devidamente registrado e emitido por instituição de educação superior credenciada pelo poder público competente, nas áreas listadas no edital da chamada pública.

    – Fazer parte do Banco Nacional de Itens (BNI) do Inep e ter realizado capacitações do Instituto para elaboração de itens.

    – Ter experiência em atividade docente, nos últimos 24 meses, no curso de graduação vinculado à área para a qual o profissional pretende efetuar inscrição, além de comprovar o vínculo com a instituição de educação superior por meio da “Declaração de Exercício de Atividade Docente”, conforme anexo II do edital. O documento deve ser preenchido e assinado pelo coordenador de curso ou o dirigente da instituição.

    – Não é permitido que o docente faça parte do quadro de servidores efetivos ou comissionados do Inep, do Ministério da Educação (MEC), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) ou da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), ou estar em exercício em algum deles.

     
    *Com informações do Inep
    Fonte: Agência Educa Mais Brasil
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.