• Publicado em

    Motorista de caminhonete é preso com R$ 3 milhões em skunk

    Suspeito estava com 251 peças da droga em fundo falso do veículo, em Caiapônia.

    Um motorista de caminhonete foi preso suspeito de tráfico de drogas na noite de sexta-feira (4), em Caipônia, na região oeste do estado.

    O veículo em que estava carregava 251 peças de skunk, maconha alto teor de THC. A Polícia Civil calcula que a droga renderia até R$ 3 milhões.

    O entorpecente estava acondicionado em um fundo falso da camionete. Os policiais que fizeram a abordagem precisaram chamar o apoio do Corpo de Bombeiros Militar, que utilizou macaco hidráulico para acessar o compartimento.

    Oriundo do Mato Grosso, o entorpecente seria distribuído em Goiânia e região metropolitana.

    “Ele foi encaminhado para a Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc) e autuado por tráfico de drogas. O entorpecente é avaliado em R$ 12 mil por peça. O que chega a R$ 3 milhões no total”, aponta o delegado Thiago Torres.

    O motorista da camionete foi preso em flagrante e responderá por tráfico de drogas interestadual.

    Policiais civis do DOA, Divisão de Operações Aéreas da Polícia Civil, e da Delegacia de Polícia de Caiapônia prestaram apoio à ação.-

    Repórter Mari JTI/Via Mais Goiás

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.