• Publicado em

    Prefeitura de Jataí emite nota de pesar pela morte do produtor rural João Luiz do Prado

    Jataí perde um filho ilustre que muito contribuiu na construção da nossa cidade.

    Compartilhe!

    De acordo nota divulgada pela PMJ, é com pesar que comunicamos o falecimento do produtor rural, João Luiz do Prado, ocorrido no início da noite desta terça-feira (08/03), na capital do Estado, por complicações da Covid-19.

    João Luiz, tinha uma grande atuação junto aos segmentos sociais, principalmente no Núcleo do Câncer de Jataí, organizando anualmente o tradicional leilão de gado, com toda renda destinada ao auxílio no tratamento dos pacientes assistidos pelo Núcleo.

    João Luiz, sempre colaborou com todas as paróquias da cidade, Creche João XXIII, Mosteiro Monte Sião e na implantação do setor de Oncologia do Hospital Padre Tiago.

    Sempre teve grande atuação em defesa dos produtores rurais, participando da diretoria do Sindicato Rural e da FAEG.

    Participou da criação do Centro de Ciências Agrárias da então UFG, hoje UFJ.

    João Luiz foi referência na pecuária, onde sempre investiu em tecnologia, pesquisa e inovação, fazendo grandes parcerias com a Universidade junto aos cursos de veterinária e agronomia.

    Organizou vários eventos voltados ao agronegócio, inclusive trazendo palestrantes renomados do país.

    João Luiz do Prado, deixa a esposa Iza Maria, as filhas Cibele, Cássia e Gisele, os neto Bento, Helena, Alice e Isabela e muitos amigos conquistados ao longo da vida.

    Jataí perde um filho ilustre que muito contribuiu na construção da nossa cidade.

    O corpo será transladado de Goiânia para Jataí durante a madrugada e o velório será realizado na Igreja São Sebastião, com previsão de início as 03h da manhã, onde ele era paroquiano e benfeitor. O horário e local do sepultamento ainda será confirmado.

    Consternado, o Prefeito Humberto Machado, se solidariza com a família nesse momento de dor, e em nome de toda comunidade jataiense roga ao nosso Senhor Jesus Cristo que o acolha na morada eterna.

     

    Repórter Mari JTI

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.