• Publicado em

    Travesti é encontrada morta com marcas de tiros em rodovia de Rio Verde

    Corpo de travesti de 30 anos estava abandonado às margens de rodovia, tinha marcas de tiros e vestia a parte de cima de uma lingerie.

    Uma travesti foi encontrada morta em Rio Verde, região sudoeste de Goiás, neste sábado (4/9). O corpo de Hevelyn Montine, de 30 anos, tinha três marcas de tiros e estava jogado em um matagal, apenas com roupas íntimas, à beira da rodovia GO-174.

    De acordo com o G1 Goiás, a vítima estava vestida com a parte de cima de uma lingerie e uma sandália de salto alto. Hevelyn estava sem documentos e sua identificação foi feita por impressão digital, pelo Instituto de Identificação da Polícia Civild e Goiás.

    A Polícia Científica realizou perícia no local em que o corpo foi encontrado. A Polícia Civil de Goiás investiga o caso e tenta descobrir o responsável pelo homicídio.

    Amigos de Hevelyn, que nasceu em Santa Helena de Goiás, prestaram homenagens nas redes sociais e pediram justiça e punição para os responsáveis pelo crime.

    “A Justiça de Deus não falha. Descanse em paz”, escreveu uma amiga.

    Hevelyn Montine Santos, de 30 anos, foi encontrada morta na GO-174, em Rio Verde — Foto: Reprodução/Instagram

    Repórter Mari JTI/ Via Metrópoles

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.