• Publicado em

    Vídeo: onça criada como animal de estimação vai para ONG em Mineiros

    Donos começaram a se preocupar quando, aos 8 meses, o animal passou a sair dos limites do quintal e frequentar a vizinhança, no Amazonas.

    Compartilhe!

    Uma onça-pintada que era criada como animal de estimação por uma família em Sucunduri, no Amazonas, chegou neste sábado (11/6) ao Instituto Onça-Pintada, em Mineiros, região sudoeste de Goiás.

    Os donos encontraram o animal recém-nascido, o amamentaram e o criavam como um membro da família. No entanto, começaram a se preocupar quando ao 8 meses de idade o felino passou a sair dos limites do quintal e a frequentar a vizinhança.

    A família temia que o animal atacasse um dos vizinhos no interior do Amazonas e também acreditava que a onça-pintada não sobreviveria sozinha na mata. Por isso, eles procuraram a organização-não governamental (ONG) que tem sede em Goiás.

    O instituto acionou o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que providenciou a viagem de três mil quilômetros.

    Agora a onça-pintada recebe cuidados de uma equipe especializada em atender filhotes órfãos que demandam cuidado especial. O Instituto Onça-Pintada desenvolve um trabalho de referência no país. Ele tem 26 onças em cativeiro, em condições de reprodução para preservar a espécie.

    Repórter Mari JTI  / Via Metrópoles 

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.